sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Afinal havia outro(s)...

Já que não posso ter uma clone, para poder corresponder a todas as solicitações...
E numa altura em que finalmente, supostamente, em princípio, e se tudo correr bem... me chove trabalho em cima... Venho por este meio informar que amanhã vou entrar de férias de um, para me dedicar ao outro! Se assim não fosse, seriam férias "forçadas" para me dedicar ao outro, mesmo assim! Espero que no meio disto tudo, nenhum fique com ciúmes!
Eu chego para todos! Sim?

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Francamente falando...


Descobri o nome para a minha "doença": obsessão do dever!
Sinto-me no meio dele! E já constatei, várias vezes, que quando me quero libertar parece que aparece mais dever para cumprir! Será que é mesmo isso, ou será que é algum receio escondido de me libertar que me faz ficar presa ao dever?
Será que o prazer me assusta? Ou ando a fugir de alguma coisa? Qual será o meu limite? Quando poderei respirar fundo e sentir-me plena, feliz e realizada? Quando?

Definir objectivamente o que é do que não é, é decididamente uma das tarefas mais complicadas de executar!

Serei apenas eu a sentir-me assim?

Acho que preciso de ajuda.

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Questões pertinentes

Sempre gostava de saber qual seria a real pressão que existe sobre mim, se na realidade eu própria não me pressionasse nada...
Acredito que me sentiria bastante mais leve...

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Constatações III

E o dia de amanhã é uma incógnita!

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

E se...

...houvesse mais uma Eva? Igualzinha a mim?
Não imaginam o jeito que me daria agora mesmo ter um clone!...

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Prémio para mulheres!

A Mimanora deu-me mais este miminho! Muito obrigada! Tudo conspira que assim seja ou venha a ser: uma mulher bem resolvida!

Mais uma vez, considerem-se todas as leitoras nomeadas!*



*Posso parecer forreta na distribuição de prémios, mas ando aqui a magicar umas coisas...

domingo, 15 de fevereiro de 2009

...

fazem-me falta as palavras ditas em silêncio...

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Teoricamente...

video
recebido por e-mail

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Lições de Vida - 3

A vida não está feita para perder oportunidades! É demasiado curta para isso... Perder uma oportunidade na esperança que outra virá, é uma ilusão... Outra oportunidade poderá surgir, mas o tempo também passa!

Acho que percebi isto a tempo! :)

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

L'Amour...

Advertência: este post é completamente desaconselhado a pessoas anti-dia de S. Valentim e a todos aqueles que não ligam nada a essas "mariquices"...

Na loja onde trabalho pode dizer-se que há alturas do ano que são temáticas: o Natal, o dia do Pai, dia da Mãe, e como não podia deixar de ser, o dia de S. Valentim. Posso afirmar que a fase dos Namorados é a minha preferida! Obviamente que este dia não tem grande razão de ser... Na verdade, não faz sentido nenhum, mas é engraçado trabalhar numa loja cheia de love na forma de corações, ursinhos, canequinhas, porta-chaves, velinhas, postais, peluches, mantas, molduras... (a bem ser acho que só cá falta vender preservativos para o pessoal além de oferecer o Amor, poder praticá-lo de forma segura)...

Nesta altura é normal uma maior afluência à loja por pessoas supostamente no estado in love. Há os que escolhem coisinhas pequeninas... Há os que escolhem peluches gigantes (que me obrigam andar abraçada a bonecos quase maiores que eu - a propósito, a sensação é muito boa...) E há os que não sabem o que devem levar e levam tudo... e outros que não levam nada! Há ainda os que pedem conselhos aqui à je... cof, cof... (mas nisto eu tenho muito jeitinho, atenção... por vezes até me apetece dar dicas para embelezar o presente e não ir assim tão a seco... mas controlo-me... e guardo essas ideias para mim, para quando for a altura as aplicar em potência!!!)... E há ainda aqueles clientes que, não tendo a sua metade, compram e oferecem o presente a si mesmo! E acho muito bem!!!

Como podem ver, estes dias têm sido assim... uma involvência suave e perfumada de AMOR... E é a isso que acho piada. Claro que tudo isto só faz sentido se estes gestos não se resumirem a este dia, porque senão a coisa é muito triste!... Mas, continuando!

Posso dizer que tenho um gosto alternativo no que toca a estas prendinhas! Não gosto nada de prendinhas "pimba" do tipo kiduxos e afins... (Curiosamente, é o que se vende mais) Nem mesmo grandes corações de peluche me aquecem a alma... Muito menos um telemóvel Hello Kitty*... Mas o estado in love tem certas coisas associadas que só deve compreender quem padece desse síndrome!

De qualquer modo, cumprindo o meu dever de funcionária exemplar e porque gosto muito de ajudar, deixo aqui umas frases com que me vou deparando no dia a dia, e que poderão ser ajuda para quem ande pouco inspirado (ler isto como se de uma declaração se tratasse):

- O meu coração andava à deriva... até que te encontrei!

- Conto todas as horas, minutos e segundos à espera do nosso próximo encontro. O meu coração pertence a ti.

- Sempre que penso em ti sinto o meu coração a flutuar!

- Beija-me depressa e abraça-me devagar...

E a minha preferida:
- O meu exercício preferido é pensar em ti!

E pronto, espero ter contribuído para alguma coisa! Ou talvez não, mas apeteceu-me e este tema não poderia ficar em banho-maria muito tempo!

Desejo aos casais que lerem isto um dia muito feliz... podem trocar miminhos, publicamente, que eu não me importo (desde que não seja à minha frente)!!! E agradeçam a pessoa que têm ao vosso lado e que vos ama... para sempre!



* me-do... me-do...

Notícia de última hora!!!

Chutei a bola! Desta vez foi gooooooooooolo!!!

iupiiiiii! ;)

Hum...

... tenho uma série de ideias a marinar... prontas a sair do forno directamente para postar... Acontece que são assuntos delicados e que precisam de tempo para serem trabalhados... Logo... vão ficar a marinar mais uns tempitos... espero que não se queimem, entretanto!

:)

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Aqui...

...trabalha-se para o bronze!

(Que vos parece? A mim parece-me uma questão de hábito...)

Como ter um chilique em 3 tempos

Antes de mais, é bom saber que o resultado desta receita saiu completamente ao contrário do inicialmente previsto...

Os passos são os seguintes:

1- Dirija-se a um posto de colheita de sangue para fazer a boa acção do dia e sentir-se muito realizado por isso;

2- Coma bem, beba café e descanse, cerca de 1h30... Sinta-se bem;

3- Vá trabalhar (o que tem de ser tem muita força) e aguarde mais 1h30.

(humpf... o resultado esteve à vista de muita gente... :S)

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

...




Inspirada pelo Post(it)! Uma ideia muito original!

(ao fundo, uma obra de arte do meu sobrinho!)

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Felicidade!!!

A minha avó é o máximo, especialmente quando me enche de miminhos!
Hoje tive o privilégio de manjar da sua especialidade! Estão a ver, aquele prato típico que as avós fazem e que só elas sabem fazer! Aquela comidinha com um sabor especial... Um sabor a Avó! HUM... Foi hoje! Soube-me tão bem! Há tanto tempo que não comia umas simples - Papas de Abóbora, polvilhadas de açúcar! Fez-me lembrar quando era pequena, e havia papas para toda a gente! Comiamos as papas, começando pela bordinha do prato para não queimar! Hum... Hoje senti-me como se voltasse à infância!

Obrigada Avó! Gosto muito de ti!

* Felizmente, guardei algumas para o jantar! ;)

Com dois fica mais composto!


Muito obrigada Mimanora por mais este miminho que me soube tão bem!!!

Dedico este prémio a todos os bloggers que visito e a todos os que visitam este singelo espaço! Porque se não fossemos todos, isto não seria assim!

Os meus mais sinceros agradecimentos!

:)

Teorias do amor...

Versão 109827453728746527-109827453728746524, que é como quem diz, versão 3!!!
Hoje estou um bocado lamechas... carente... whatever... Capaz de dar tudo por um bom abraço e mais qualquer coisinha!...
Há muito tempo que não escrevo sobre o que não sei... vou fazê-lo hoje, trazendo de volta as teorias do amor, que ficaram perdidas lá atrás e ainda mais atrás...

Na sequência do livro que li (sétimo selo) e noutros locais, e no que agora penso... Na minha pequena experiência de vida... Poderei afirmar que... no final, o que fica é o que se sente, o que se sentiu, os bons momentos que ao serem recordados poderão preencher uma "vida" inteira com sorrisos... ou o que restar dela. Pouco irá importar quão longe se chegou, quantos prémios se ganhou, quantas vitórias se atingiu... O que se vai recordar serão os amores que se viveu, os que ficaram por viver... Os amigos, os afectos... as alegrias, as desilusões... A vida é curta. Este mundo frenético ainda a torna mais curta. E os medos e os receios roubam-nos tempo precioso...
Por algum motivo quem ainda espera, quem ainda procura, se sente desamparado... Pois sente que quanto mais tempo passa, quanto mais tempo espera, quanto mais tempo procura sem encontrar... menos tempo poderá, mais tarde, recordar com saudade...

Hoje estou assim... a pensar no fim, sem passar pelo início...

E só queria adormecer embalada pelo teu calor...

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

O Sétimo Selo



Já todos devem conhecer, pelo menos a capa deste livro - O Sétimo Selo, de José Rodrigues dos Santos.
Pois bem, para além da capa aconselho a lerem tudinho! Este foi um dos livros que mais coisas que me ensinou. Não obstante o facto de abordar temas que me interessam e preocupam bastante, li o livro inteiro sem me aperceber... O que foi bom sinal!
Poderia falar sobre os temas abordados, mas não quero desvendar o véu, a quem ainda não o leu, para suscitar a curiosidade!
Felizmente, penso que cada vez mais as pessoas estão consciencializadas para o PROBLEMA... Mas falta tanto, tanto, tanto a fazer! Apenas proponho que cada um, no seu dia-a-dia, como seres conscientes e humanos que somos, assuma a responsabilidade em determinados gestos, por mais pequenos que sejam, na salvaguarda da nossa GRANDE CASA! Porque ela é muito, muito mais frágil do que parece!

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Ao adormecer...

...quando o corpo relaxa no conforto dos lençóis, quando a atenção acalma, quando o dia nos dá tréguas, quando o silêncio invade o espaço e a mente se acalma... Quando fecho os olhos e começo a rodopiar, a pairar para bem longe e me deixo levar... O corpo bem pesado, a mente bem leve!
É nestas alturas que imagino, viajo pelos mais longínquos trilhos, os mais paradísiacos cenários, os mais perfeitos momentos... Sem culpa, sem julgamentos...
É espantoso como me sinto livre quando posso estar no meu refúgio.
No momento que antecede o sono... o sonho...

Desafio aleatório

A nossa Mimanora passou-me um desafiozinho! Como sou uma menina simpática, vou aceitar, para descomprimir, que hoje é o melhor que posso fazer! Mas, não vou seguir as regras à risca, se me for permitido... E aqui, tudo é permitido!

As regras são:
1. linkar a pessoa que te indicou
2. escrever as regras do desafio
3. contar seis coisas aleatórias sobre si
4. passar a mais 6 vitimas
5. ir aos blogs das vitimas avisar que foram indicadas

Aleatoriamente, cá vão as primeiras 6 coisas que directa ou indirectamente sobre mim, me lembrei:

1- Estou tão cansada, tão cansada que me devia ir deitar agora, mas já sei que isso não vai acontecer para já!... Como acontece sempre!
2- Hoje no trabalho, mais me senti um monumento, tais foram as visitas em passeio feitas aquele cubículo!!! (Mas o que vale é que quase ninguém olhava para mim!!!)
3 - Gosto, adoro, amo ler livros que me ensinem muitas coisas no enredo da história! Digamos que é uma forma agradável de estudar e aprender! :)
4 - Gosto de pintar as unhas de vermelho escuro!
5 - Apetecia-me muito, mesmo muito, ver um filme bué da bom, agora mesmo! Mas esses só dão às tantas... Que saudades!
6 - Gosto de atenção, miminhos e quentinho (quando faz frio)...

E o desafio segue, aleatoriamente, para quem quiser!